Como não vibrar em escassez fazendo as compras de final de ano?

Como não vibrar em escassez fazendo as compras de final de ano?

O final do ano nos traz a percepção de encerramento de um ciclo, o que nos leva a reflexões quanto ao que foi vivido nos últimos meses e a projetar as resoluções para o próximo ano. Mas, ao mesmo tempo, dezembro é um mês que traz muitos compromissos materiais: as compras de Natal, a preparação das celebrações, a programação de férias e até as despesas extras de início do ano. 

Por isso, é muito comum que este também seja, além de um tempo de reflexão, também um período de pressa e preocupações antes que possamos celebrar as festas ou curtir as férias com quem amamos. Então, como não se deixar levar e acabar vibrando em escassez, trazendo sem querer essa energia para dentro das nossas vidas? E, ao contrário, como fazer do final de ano mais uma oportunidade de harmonia com a abundância do Universo?

Como sabemos, tudo é energia, vibração e frequência. E tudo começa com nossas crenças. Elas são instaladas desde o nosso nascimento e durante a infância, nas diferentes fases de desenvolvimento. Muitas crenças são úteis para manifestarmos o pensar/sentir/agir que queremos. Outras são limitantes, e se tornam uma barreira entre o que buscamos e o que conseguimos alcançar em nossas vidas.  

Na infância, a mente registra como verdade aquilo que recebe do mundo, especialmente quando vem das figuras de autoridade. É como um programa instalado em um computador, que passa a ‘rodar’ automaticamente dali em diante. Assim, a partir das impressões recebidas, úteis ou limitantes, se estabeleceu a Frequência Vibracional que você emite sobre cada área da vida. 


Tente agora lembrar o que seus pais/tutores diziam e como se comportavam com relação ao dinheiro?

Eles gastavam muito, faziam dívidas? Ou diziam sempre que era preciso economizar, demonstrando medo de ficar sem dinheiro? 

Havia conflitos porque um deles queria gastar sem controle e o outro sempre queria guardar o dinheiro? 

Fazer compras era um momento de prazer, ou havia medo (de ficar sem dinheiro) e culpa (por estar gastando)? Ou o dinheiro era esbanjado e depois realmente faltava?

Quantas vezes você ouviu: “Nós, não temos dinheiro para isso”; “Dinheiro não cai do céu”; “É preciso muito esforço para ganhar dinheiro”?

Algum deles justificava os gastos dizendo na sua frente que eram por sua causa?

Esses são apenas alguns exemplos, comuns a milhares de pessoas. Neste final de ano, você pode começar investigando quais pensamentos vêm à sua mente quando pensa nos gastos, para começar a verificar quais crenças formou em relação ao dinheiro. Como muitos registros estão no seu inconsciente, observe também as emoções que surgem no momento das compras, identifique os sentimentos (medo, culpa, raiva,…) e explore quais crenças limitantes estão por trás dessas emoções.  

Alguns exemplos:

“Se eu gastar vou ficar sem”; “Preciso guardar para não passar dificuldade”;

“O dinheiro é sujo”; “Dinheiro não traz felicidade”;

“Deus ama os pobres”; “Os ricos são maus e exploradores”; 

Como as suas crenças determinam seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, elas estão na base da Frequência Vibracional que você emite para o Universo. E é esse ‘sinal’ energético que cocria sua realidade a cada segundo. 

Entretanto, há uma boa notícia: o pensar, sentir e agir condicionado pelas crenças NÃO TE DEFINE! 

Sua essência divina original é puro amor, alegria, abundância e prosperidade!

Assim, sair da escassez e vibrar na abundância é possível reconectando-se com essa essência divina. Mas isso passa por uma DECISÃO muito importante: você precisa escolher ser outra pessoa, com novas crenças, novos pensamentos, novos sentimentos e novos comportamentos.

E aí, utilizar um método – e é para isso que criamos o HOLO COCRIAÇÃO DE SONHOS DE METAS. Primeiro, desprogramar as crenças inconscientes que estão criando escassez na sua vida e, depois, programar sua mente para cocriar a realidade de riqueza, sucesso e prosperidade que você tanto deseja! 

Compartilhe esse post:
Elainne Ourives

Elainne Ourives

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Elainne Ourives

Autora best-seller de 3 livros: DNA Revelado das Emoções®️, DNA Milionário®️ e DNA da Cocriação®️. Há mais de 26 anos nos estudos da ciência mental, pesquisadora no campo da Reprogramação Mental, Física Quântica e Neurociência. Possui mais de 150 livros (ebooks) digitais publicados. Atualmente, são 200 mil alunos em seus cursos, sendo mais de 70 mil alunos apenas no Holo Cocriação®️, espalhados em 27 países.

Posts relacionados

23 de fevereiro de 2024
O que são as prisões emocionais e como se libertar Você se sente presa no lugar o sufocada com a vida que vive? Cuidado! Esses são sinais de que você está em PRISÕES EMOCIONAIS. Uma espécie de c...
21 de fevereiro de 2024
Todo mundo tem alma gêmea? Você já se perguntou se existe alguém lá fora que vibra na mesma frequência que você? Alguém que parece ser a metade que falta para completar você? Essa ideia de alma ...
19 de fevereiro de 2024
Transforme sua Natureza Interior para Cocriar Riquezas Cocriar riquezas não é apenas uma questão de sorte ou circunstâncias externas, é uma questão de mudança interna. Ao transformar sua naturez...
16 de fevereiro de 2024
Qualquer um pode cocriar a realidade? Tem muita gente que se pergunta “qualquer um pode cocriar a realidade?”. E hoje, eu vou finalmente explicar porque sim, e o motivo de mesmo assim algumas pe...
15 de fevereiro de 2024
Por quê algumas pessoas não conseguem cocriar? Você já deve ter se perguntado porque algumas pessoas não conseguem cocriar. Ou talvez, você mesma se acha incapaz de cocriar a realidade desejada....
12 de fevereiro de 2024
O destino já está escrito ou podemos mudá-lo? Você pode mudar o seu destino. Tem a habilidade para transformar qualquer realidade e contexto na vida a seu favor para conquistar seus maiores sonh...

Treinamentos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em “Aceitar e Fechar” você concorda com o uso dos cookies, termos e políticas do site.